top of page
  • Foto do escritorOpinião

AS BELEZAS NATURAIS E NOSSO POTENCIAL TURISTICO NÃO EXPLORADO



Por incrível que pareça e me baseio em pesquisa que fiz a grande maioria de nossa população desconhece o potencial e nossas belezas naturais existentes em nossa região serrana. Felizmente e através de alguns grupos naturalistas e em muitas situações lideradas pela amiga Lulu Assumpção, visitas têm ocorrido em parte de nossas serranas a exemplo do Parque do Desengano. Temos vários pontos em nossa serra que passam de mil metros de altitude, e sempre banhados por águas cristalinas e vistas deslumbrantes.



A pergunta que se faz é o porquê do município e a região não ser explorada em seu grande potencial Agroturístico? A maioria das respostas refere-se a questão de não termos estradas mais amplas, seguras e com maior nível de conservação. Entendemos ser realmente difícil para a Prefeitura manter tal serviço no nível exigido, pois São Fidélis possui enorme extensão territorial com mais de 1.000 km2, sendo o 7° município em tamanho do Estado do Rio. Então o que fazer?



É preciso que todos os segmentos políticos, Clubes de serviço e a sociedade como um todo se reúna e discuta o problema, inclusive buscando experiências em outros municípios que possam ter situações semelhantes e já explorando o turismo.


A experiência pessoal que tenho foi a uns três anos passados, juntamente com minha filha, genro e neto irmos ao pico da bandeira, que fica a uns 220 km de distância daqui, em uma situação comum se dividindo com três estados. Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Chegamos de carro até 1.830m de altitude, com estrada em ótimo estado, porém na entrada temos um Portal de acesso em que os visitantes pagam para entrar e com essa renda se faz a manutenção. Foi ótima a experiência, de ver as nuvens abaixo de onde estávamos, além de vistas deslumbrantes e a mata atlântica preservada. Lembrando que a partir dessa altura até o pico final tem que ser a caminhando com guias treinados mata a dentro. Citei essa experiência apenas como um início para uma futura discursão entorno do assunto como forma de explorarmos nosso potencial turístico.


É sempre bom lembrar que de forma natural, esse potencial enorme que privilegia nosso município, de alguma forma e pela força popular já vem sendo de forma tímida explorado. Podemos citar os milhares de pessoas, que desfrutam das águas cristalinas ao longo do Rio do Colégio, principalmente no período de verão: pequena comunidade através de loteamentos vem ocorrendo nessas regiões, tendo como exemplo nas proximidades conhecido Bar do Pardal. Inúmeros sítios e casas de veraneio sendo construídas além de visitas de ciclistas e motociclistas nas montanhas fidelense.


Além do potencial turístico não podemos esquecer do grande potencial agropecuário que essa região constitui através da pecuária de corte, leite, cafeicultura, bananicultura e agora com um destaque para o início da viticultura (Plantio de uva) na Serra de Bela Joana, que poderá constituir futuramente também para impulsionar ou incentivar outros produtores ao plantio já que ao que sabemos toda a produção será beneficiada e industrializada na própria fazenda.

Enfim, fica aí nossos comentários como ponta pé inicial de um grande projeto para um futuro próximo.


TARCISO ANTONIO SIDNEY - Engenheiro Agrônomo – EMATER-RIO

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page