top of page
  • Foto do escritorOpinião

PREVENÇÃO DA GRIPE AVIÁRIA



Recentemente todo o país foi surpreendido com a notícia do aparecimento da

Gripe Aviária em alguns municípios do Brasil, porém felizmente ainda não se registrou

nenhum caso em seres humanos pelo vírus H5 H1, que é um subtipo do vírus

Influenza que atinge predominantemente as aves, sendo menos comum em

mamíferos e em humanos.

A Influenza Aviária foi diagnosticada pela primeira vez em 1878, na Itália. O

Estado do Rio de Janeiro contabiliza 8 (oito) focos de um total até agora de 31(trinta e

um) já diagnosticados. Importante salientar que não há até o momento contaminação

da doença a partir do consumo de frango ou ovos.

SINAIS DA DOENÇA

*Aumento repentino da mortalidade das aves num período de 48 horas;

*Secreção nasal e ocular, tosse, espirros, diarreia e desidratação;

*Diminuição ou parada no consumo de ração, andar cambaleante, cabeça pendendo

para o lado;

*Ovos com cascas deformadas e finas e queda drástica na produção.

COMO A DOENÇA É TRANSMITIDA?

O vírus é transmitido pelo contato entre aves, por meio de secreção nasal, ocular e

fezes. O vírus também pode ser disseminado por equipamentos, vestimentas,

calçados, ração, água e outros objetos contaminados.

ATENÇÃO!

Os seres humanos podem ser afetados pelo vírus e, em alguns casos, levados à

morte. Além de ser uma doença transmissível aos humanos, causa grandes prejuízos

econômicos para os avicultores, pois causa a morte de muitos animais afetados pela

doença.

PREVENÇÃO:

*A prevenção é feita através do transito de pessoas em criatórios de aves;

*Lavar as mãos ao entrar em contato com as aves;

*Se for a criatório de aves. Trocar de roupa e sapatos;

*Estar sempre atento aos sinais da doença.


Tarciso Antonio Sidney

Engenheiro Agrônomo – EMATER-RIO

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page