top of page

São Fidélis: Prisões e flagrantes de drogas emSão Fidélis e Campos


A Polícia Militar prendeu quatro pessoas e apreendeu drogas em ações

realizadas nas últimas horas desta quarta-feira (24), na Chatuba, em São

Fidélis, e no Parque Calabouço, em Campos. Um carro furtado também foi

recuperado em outra ação.

CHATUBA DE SÃO FIDÉLIS - Segundo a polícia, durante patrulhamento pela

Rua Olga Rodrigues Quintan, agentes receberam a informação de que um

homem, identificado como A.L.P.F., que estaria traficando drogas em sua casa.

Chegando no local, foi feito contato com o suspeito que autorizou a entrada dos

policiais na residência. 

Buscas foram feitas e foram encontrados cinco pedras de crack, 387 pinos

vazios, dois rádios de comunicação e material para enrolação de drogas. O

caso foi apresentado na 141ª DP/São Fidélis onde o acusado foi enquadrado e

permaneceu preso.

PARQUE CALABOUÇO (CAMPOS) - De acordo com a polícia, agentes foram

até a Travessa João Francisco de Souza, local já conhecido como ponto de

tráfico de drogas, para verificar denúncia de barricada obstruindo rua. No local

foi encontrado uma estrutura de concreto e tijolos. Um homem, identificado

como A.S.P.C., foi apontado como o pedreiro responsável pela obra e ao ser

questionado a respeito, o mesmo respondeu que foi contratado, não sabendo

dizer por quem, para construir o mudo. 

Em determinado momento, um policial localizou um celular no balcão de um bar

e ao perguntar quem era o proprietário do telefone, A.S.P.C. tentou tirar o

aparelho das mãos do agente. Outras quatro pessoas que estavam no local,

essas identificadas como H.R.T.S., A.C. do N.M., A.P. de S.N. e M.R.T.S., se

exaltaram contra a equipe policial, afrontando os agentes dizendo palavras de

baixo cação.

O suspeito M.R.T.S. tentou fugir por um buraco no muro que fica no final da vila,

porém um cerco foi feito e o mesmo foi alcançado. Foi feita abordagem e o

celular não foi mais localizado.

Os envolvidos foram levados para a 146ª DP/Guarus onde H.R.T.S. e A.C. do

N.M. foram autuados, ouvidos e liberados. Já os acusados A.S.P.C., A.P. de

S.N. e M.R.T.S. foram autuados e permaneceram presos.

0 visualização0 comentário
bottom of page